PORTUGAL AGORA

Já temos um novo e melhorado sistema de recolha de propostas, em parceria com a plataforma DCID. Participe!

Lançamento do livro “Portugal Agora”- 21 de Junho

3d_capa_PortugalAgora

Propostas já avaliadas com nota positiva e que estamos agora a promover.

“Portugal Agora!” é uma plataforma que pretende promover uma visão para o nosso Pais assente em 3 pilares (Atractividade, Conhecimento, Empreendedorismo), com o intuito de facilitar a passagem da estratégia à acção – gerando propostas concretas para políticas públicas ou iniciativas da sociedade civil.

SAIBA MAIS

Quando se planeia, a nível empresarial, é essencial definir o que se quer vender e a quem se quer vender, assegurando tanto a capacidade de o produto apelar aos consumidores, como a capacidade de ser economicamente viável. É esta a abordagem que temos de assumir perante um dos melhores “produtos” do mundo: Portugal.

Para além do turismo (talvez o exemplo de atracção mais rapidamente suscitado no pensamento de cada um), mas não podemos esquecer outros, tão diferentes como importantes: a atracção de investimentos em áreas tão diversas da nossa economia (agricultura, indústria ou tecnologias de informação); a atracção de pessoas no sentido mais lato do termo, seja com fins meramente residenciais, para aproveitar a nossa qualidade de vida, seja para fins profissionais ou de formação e desenvolvimento de competências.
Temos de identificar os nossos pontos fortes e investir neles. Voltar a nossa oferta para os nichos de mercado em que poderemos fazer valer as nossas competências únicas e distintivas. Devemos fazê-lo de forma integrada, orientados para a qualidade. Qualquer que seja o caminho escolhido o padrão terá que ser sempre o da excelência, da vanguarda e da criação de valor.

SAIBA MAIS

Esta cultura de Conhecimento - no sentido de descoberta privilegiada que, naturalmente, tem de ser colocada, ao serviço da comunidade (já que não há conhecimento sem partilha) é aquela que contribui fortemente para a garantia da salvaguarda do que existe, dando todo o espaço para pôr em prática a verdadeira e consequente inovação no País.
Portugal do conhecimento tem que significar uma interacção entre o conhecimento dos portugueses e o conhecimento disponível em Portugal para que o país seja capaz de criar um círculo virtuoso de educação - formação contínua - inovação que permita aumentar os focos institucionais de conhecimento e transformá-los em redes ubíquas, disponíveis para todos e capazes de continuadamente servirem a sustentação e a promoção das nossas estruturas económicas e sociais.

SAIBA MAIS

“Empreendedorismo” não é apenas o trajecto de alguém a criar o seu próprio negócio. É toda uma mentalidade, uma atitude e espírito orientado para inovar. É olhar e ver soluções onde outros vêem apenas ameaças ou problemas. É descortinar antes dos outros uma oportunidade no mercado e conceber formas criativas de a aproveitar – com novos produtos, novos processos, novas tecnologias ou novos modelos de gestão.

E garantir que os projectos empreendedores serão sustentáveis, reduzindo os níveis gerais de mortalidade. Depois, olhar para o financiamento das boas ideias, que necessita de instrumentos orientados às várias fases dos projecto, como a pesquisa, análise de mercado, desenvolvimento do “produto”. Não menos importante, procurar caminhos que eliminem barreiras burocráticas ao investimento e reorganizem a interacção dos empreendedores com estado, para que se crie um ambiente que impulsione o investimento. E, por último, facilitar o trajecto de pequenos projectos para que possam ganhar escala, nacional e internacional.



SUBSCREVA JÁ O PORTUGAL AGORA