Via verde para emissão de vistos para estrangeiros altamente qualificados

Eixo: Investigação Científica


Como realizar

Estabelecer os procedimentos administrativos necessários para que a emissão de vistos para fins profissionais e de estudo para estrangeiros possa ser célere (sempre inferia uma semana), independentemente do país de origem. Formalização de uma unidade inter-ministerial (que integre as entidades envolvidas no ciclo de vida da obtenção destes vistos, designadamente os assuntos consulares, o SEF e a área da ciência e tecnologia).


Tempo de implementação

3 meses


Quem deve implementar

Estado central


Resultado expectável

Vantagem na atracção para Portugal de estudantes de ensino superior, nomeadamente na formação pós-graduada e de cientistas, engenheiros e outros técnicos altamente qualificados para o sistema científico e tecnológico nacional e empresas de base tecnológica. A competição internacional pela atracção destes recursos é hoje muito forte, intercontinental, e as condições de acolhimento pparte de cada país são cada vez mais um factcrítico no momento de decisão/opção.